Fundação Portugal-África › Boletim da Fundação Portugal África – Nº 69 – novembro/dezembro 17
Slide background


Boletim da Fundação Portugal África - Nº 69 - novembro/dezembro 17

Somália: O Difícil Renascimento do Estado – A Somália foi dos países africanos mais envolvidos na Guerra Fria. Aliada da URSS desde 1974, a Somália foi liderada, até 1991, por um regime ditatorial chefiado por Mo- hammed Siad Barre. Na sequência do fim do apoio soviético, o país viu-se envolvido numa guerra civil que opôs vários clãs liderados por senhores da guerra, situação que se mantem até aos dias de hoje, agravada, no entanto, pelo fundamentalismo islâmico de grupos como o Al-Shabab, movimento aliado à Al-Qaeda. Pag 2/3

África e As Alterações Climáticas – No contexto global, África é o continente onde se sentem mais as alterações climáticas em curso. De acordo com o Banco Africano de Desenvolvimento (BAD), embora África contribua apenas com 4% para as emissões globais de gases, só a China é responsável por 28%, é o continente mais afetado pelas consequências deste aquecimento, o que poderá implicará um aumento médio da temperatura entre 1 a 3º graus até 2050. Este aumento da temperatura é visível em zonas como o Monte Kilimanjaro na Tanzânia, onde as neves eternas já o deixarão de ser. Pag 3/4/5

5ª Cimeira UE – África – Realizada pela primeira vez na África subsaariana, teve lugar entre os dias 29 e 30 de novembro a 5ª cimeira entre a União Europeia (UE) e a União Africana (UA), a qual reuniu de 80 chefes de Estado e de Governo de ambos os continentes, na capital da Costa do Marfim, Abidjan. A última cimeira decorreu, em 2014, em Bruxelas. Pag 5/6/7

Conferência Eletiva do ANC – O futuro do African National Congress (ANC), e da própria África do Sul, teve um momento essencial com a realização do congresso eletivo do maior partido sul-africano, o qual teve lugar, entre os dias 16 e 20 de dezembro, em Kimberly, na província do Northern Cape. Embora as eleições gerais sul-africanas só estejam previstas para 2019, a eleição do novo Presidente do ANC, e provavelmente o futuro do país após 2019, foi decidido neste congresso. Pag 7/8

Mugabe Afastado do Poder no Zimbabwe – O Zimbabwe acordou no dia 14 de novembro com o exército nas ruas com o objetivo de assegurarem o afastamento de Robert Mugabe do poder. Esta ação foi o culminar de uma série de acontecimentos que se vinham a arrastar há vários meses e que mergulharam o país num clima de grande instabilidade política, agravando a situação geral do país que, há vários anos, vive uma grave crise económica. Pag 8/9/10

Índice Ibrahim de Boa Governação africana 2017 – A Fundação Mo Ibrahim apresentou a 20 de novembro os resultados do seu Índice Anual de Boa Governação Africana relativos a 2017. Pag 10/11/12